Dorothea Lange e a Crise de 1929

Dorothea Lange fotografou a pobreza e o sofrimento do período da Crise de 1929.

Contratada pela Farm Security Administration (FSA), percorreu quase todos os estados americanos retratando a situação das ruas, as filas de desempregados, a situação das famílias rurais e a exploração dos trabalhadores imigrantes.

Suas imagens eram distribuídas gratuitamente aos jornais com o objetivo de sensibilizar a sociedade para as consequências da recessão econômica vivida durante os anos da Grande Depressão – nos anos 40, fotografou também a evacuação de japoneses para confinamento em campos de concentração na América, após o ataque de Pearl Harbor.

Um dos mais icônicos registros da história da fotografia, sua fotografia mais conhecida desse período é Migrant Mother.

“I did not ask her name or her history. She told me her age, that she was 32. She said that they had been living on frozen vegetables from the surrounding fields and birds that the children killed. She had just sold the tires from her car to buy food.”, lembra Lange, em sua biografia, A Life Beyond Limits, publicada em 2009.

dorothea lange 6

Cassiano Viana (@vianacassiano) é editor do site About Light.

Veja galeria de fotos de Dorothea Lange aqui

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s