Ensaio: Inverno íntimo, de Carol Azevedo

About Light Carol Azevedo (6)About Light Carol Azevedo (5)About Light Carol Azevedo (4)About Light Carol Azevedo (3)About Light Carol Azevedo (2)IMG_1796

Desatina a dor do invólucro carne, te visito nas possibilidades de união e em
vão tentei costurar pedra e coração. Aflitivamente me derramei em rio
sinuoso e escuro, espesso grito e desmaio à áspera verdade silente de
desadequação, numa rota que pouco autônoma se desvelou rouca. Sem
eco no crânio e na carne trêmula e atônita, insiste o grito e não sai, mas
espalha-se dentro do peito na caixa de ressonância dos ossos, agora moles,
onde mora o músculo forte corto as linhas atadas ao que imaginei ser tudo,
e foge; oposto. É nada.

/Carol Azevedo, Inverno Íntimo

Carol Azevedo (@carolazevedoart), nasceu em Recife (PE), mora no Rio de Janeiro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s